quarta-feira, agosto 16, 2017

Às vezes, a realidade faz-me arder a vista, como naqueles dias de outono ou quase inverno em que a escola está perto e cheira a lenha queimada. Nesses dias, a luz é tão cristalina que fere as retinas, deixa-as ofendidas e não percebemos bem se esta é a dimensão onde devíamos mesmo estar.

Sem comentários: