sexta-feira, dezembro 14, 2012

E o mundo não se acabou

Photograph by Gilberto Villasana, AFP/Getty Images

Para quem sinta que o mundo está perto do fim, há um artigo muito bom na National Geographic que explica como é que ele não vai acabar. 

É, no fundo, uma mudança de perspectiva acerca daquilo que os Maias procuravam, sobre os seus receios. Mais que um fim, ansiava-se por um novo começo. E nós ansiamos tanto por um ponto final que nem reparamos na vírgula. 

Sem comentários: