sexta-feira, dezembro 14, 2012

Chama-se capitalismo

Inicialmente, ao ler a notícia sobre o presidente da Google, a minha reacção foi a do asco mas cedo percebi que o homem é brutalmente honesto. Apesar de ser um porco capitalista como tantos outros, pelo menos admite que o é e que joga o jogo com as ferramentas que lhe foram dadas pelos governos. 

O mais triste é que andamos a viver um mundo de espertos em que existem estas pessoas que se sabem mover e enriquecem exponencialmente e, por outro lado, aqueles que, não tendo acesso às ferramentas, só têm hipótese de definhar e viver miseráveis. Não era suposto isto ser tudo repartido?

Sem comentários: