terça-feira, janeiro 04, 2011

Saímos de 2010, entrámos em 2011 e tu continuas a povoar a minha cabeça a maior parte do tempo.

Sem comentários: