quinta-feira, outubro 30, 2008

Ke - Strange World (Notas pessoais)

Há uns dias, ouvi isto - imagine-se - no CascaisShopping. Há anos que os meus ouvidos não eram agraciados pela voz de Ke, uma das vozes masculinas mais interessantes dos últimos anos. Entretanto, parece que se eclipsou do mapa, depois deste grande sucesso de 1995. Continuo a achar o Ke exótico e interessante, andrógino talvez. Na altura, este Strange World foi uma obsessão para mim e continua a ser uma boa canção, para mim.

3 comentários:

The Invisible Girl disse...

Xiiiiiiii
já não ouvia isto há séculos...
desculpa lá a minha ignorância de teen em 1995, mas sempre pensei que isto fosse uma gaija a cantar :P

underadio disse...

Acho piada, pq no início do vídeo está I'am e no fim não...mas acho q já te tinha disto isto ou algo do género. E aqui 'género' nem devia aparecer mas a invisible teve o seu momento de confusão como eu, tu e whatever.
Hum, sim continua ser uma boa canção para ti e para mim e p muita gente.
Ó invisible, se calhar é mesmo uma gaija, uma "alminha penada" de gaja dentro de um corpo de gajo.

Bom, hojr já vou no 2º comentário, fora os, "estragos q já fiz por aí" mas tenho de me entreter nem q seja de cabeça para baixo...

Isobel disse...

Rapariga invisível, é mesmo verdade, um rapaz um pedacinho estranho :D Na voz e na fisionomia.. na altura, vi o clip e cheguei à conclusão que era um Hóme! :D

Under, será uma mensagem subliminar? :D
Eu acho que o Ke não tem género, realmente, e há uma quantidade de pessoas que não o têm. É indiferente, não é? Neste caso, até soa melhor e tudo looool

Bem, tens de me explicar essa coisa de te entreteres.... looool quero saber :D